segunda-feira, 30 de maio de 2011

Nunca devemos envergonharmo-nos das nossas próprias lágrimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário